terça-feira, 5 de abril de 2016

Desabafos de uma empregada de caixa #5


Para hoje trago os prós e os contras de trabalhar como empregada de caixa após dois meses de experiência.
Pontos positivos
  • Há sempre música enquanto trabalhamos, mas quando digo música não é aquela de elevador e muito menos de publicidade. Ali temos a rádio ligada até as portas se fecharem.
  • É, sem dúvida, um grande abre olhos para o futuro. Tanto a nível pessoal (sim, porque ali apercebo-me de tanta coisa que visto de fora nem imaginaria) como profissional (é um grande incentivo para continuar a estudar, há ali tanta gente a receber o ordenado mínimo e que trabalham imenso).
  • Como estou em part time, são apenas quatro horitas ali. Para além de ser uma boa forma de começar a entrar no ritmo do trabalho, o tempo acaba por passar mais rápido.
  • Dá-me a possibilidade de ter experiência com o público (o que não é, de todo, fácil).
  • Conhecemos pessoas tão queridas e tão fieis que acabam por nos tocar quer queiramos quer não.
Pontos negativos
  • Tenho de ter sempre o cabelo apanhado (o meu cabelo não facilita neste ponto).
  • Durante o tempo que lá estou não me posso sentar, só durante algum período em que não apareça ninguém (o que praticamente não acontece).
  • Nunca saio a horas, principalmente quando faço a hora do fecho. (Já lá deixei ficar tantas meias horas!)
  • Temos de trazer de casa o pano, o produto de limpeza e até a caneta. (E se a caixa não ficar devidamente bem limpa ainda ralham connosco!)
  • Engolir sapos daquilo que não temos culpa.
  • Sempre que há algum engano (de preços/códigos, confusão de produtos entre duas compras diferentes, desistências à última da hora por parte do cliente, artigos repetidos sem querer, etc) é preciso ligar para os Superiores a pedir para virem fazer as anulações que, por sua vez, precisam de ser justificadas atrás da cópia do talão final. (Estão a imaginar isto tudo por causa de um saco que custa uns cêntimos? E em dias de muita confusão?).
  • Sempre que há falhas de caixa somos descontados e, praticamente sempre, entramos com fundos que já foram usados. Ou seja, se já trabalharam duas pessoas lá  pagam as duas a meias (uma delas sem culpa alguma como podem ver).

17 comentários :

  1. Não deve ser fácil...mas à que ter paciência.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Deve ser muito difícil estar o tempo todo de pé, acho que não aguentava... Força querida :P

    ResponderEliminar
  3. O mundo do trabalho tem coisas boas e más, mas o mais importante é o que tu aprendes e o quão forte te tornas em determinadas situações :)

    ResponderEliminar
  4. O último ponto parece-me um pouco injusto para ti... Adoro esta rubrica. Dá para ter uma percepção do que são feitos este tipo de trabalhos.

    R: Sempre tratei por papi, até quando estamos mais chateados... É a alcunha, tendo em conta que não se pode fazer grande coisa com o nome ahahah

    ResponderEliminar
  5. O que importa é que as coisas corram bem :)

    ResponderEliminar
  6. Acho que qualquer que seja o trabalho tem os seus pontos forte e pontos fracos e acho muito importante partilhares isso!
    -Alexandra

    BlogFacebookYoutubeBloglovin'Google+TumblrTwitterWe Heart It

    ResponderEliminar
  7. R: os meus calcanhares iam-se queixar imenso, são mesmo fraquinhos ehehe

    ResponderEliminar
  8. Há sempre pontos positivos e negativos em tudo na vida (esse último ponto é que não me parece muito justo!). Que tudo corra bem! :)

    ResponderEliminar
  9. espero que pelo menos o lado positivo mantenha a correr bem as coisinhas por aí!
    r: eu vou tentar fazer então e depois digo alguma coisa :p

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. como não conhecia aqui antes?
    apaixonada!

    ResponderEliminar
  11. Todos os trabalhos tem os seus aspetos positivos e negativos, há que suportar sempre algumas coisas, mas acredito que compense receber o dinheiro no fim do mês e ver que fomos recompensados pelo nosso esforço :)

    ResponderEliminar
  12. Há sempre pontos positivos e negativos, também ando me a inscrever me num part time.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Trabalhar num supermercado deve ser horrível mesmo! Eu já trabalhei em cafés no verão e detestei!

    ResponderEliminar
  14. Sempre achei que não era um trabalho fácil, por isso tento ser o mais educada e simpática com quem o faz, porque lidar com o público é sempre complicado.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. É como em tudo na vida, há sempre prós e contras. Mas trabalhar com público nunca é fácil

    ResponderEliminar

Diz-me o que vai dentro de ti ♥